Leituras obrigatórias para todo empreendedor de startups

Tempo de leitura: 7 minutos

Os 3 principais livros sobre startups são: Lean Startp (A Startup Enxuta), do Eric Ries, Zero to One (De Zero a Um) de Peter Thiel e The Hard Things About Hard Things (O Lado difícil das situações difíceis) de Ben Horowitz.

Nós, brasileiros, temos um costume de ler empobrecido. Em geral, lemos pouco e quase sempre torcemos o nariz quando o assunto é leitura. Porém, isso é uma das maires burradas que podemos cometer contra nós mesmos. Se eu quiser mudar, crescer e amadurecer, um dos melhores e mais virtuosos caminhos é, sim, a leitura.

Em 2016, eu passei a me dedicar bem mais a leitura. Passei a ler todos os “clássicos” sobre startups. De Predictable Revenue a Venture Deals. Esses livros sobre startups não são apenas “clássicos”. São praticamente leitura obrigatória para qualquer pessoa que pensa em entrar nesse universo.

Não falo isso da boca pra fora, sério. A leitura é, de fato, inevitável. Se você quiser realmente avançar com seu negócio, você precisa criar um hábito de leitura. Caso contrário, o caminho será muito mais difícil, para não dizer impossível.

Esse não é um assunto popular e não atrai muitas visitas ao Vida de Startup. Talvez, por isso, seja um dos artigos mais importantes que você irá ler por aqui. Não despreze a leitura.

Com o máximo de frequência que eu puder, estarei atualizando essa lista com os principais livros para startups que, na minha opinião (e opinião de muita gente) são vitais para os empreendedores lerem.

Além dos livros, vou deixar algumas dicas de leitura para te ajudar a criar esse hábito e mantê-lo. Ressalto que essas dicas funcionaram para mim. Não são regras áureas que funcionam com todos, mas acredito que possa ser útil ou servir de inspiração para você.

Estabeleça um tempo obrigatório de leitura todos os dias

livros para startups

Eu criei um hábito de separar entre 20 e 40 minutos para leitura, todos os dias. Tento aproveitar ao máximo o tempo que gasto para ir e voltar do trabalho e, geralmente, o ocupo com leitura. Como vou a pé para o trabalho, uso um aplicativo chamado Audible para a leitura da maior parte dos livros para startups que leio.

Quando saio para fazer exercício, sempre que posso, também coloco um livro para ouvir. Seja correndo, seja pedalando. No começo é estranho, mas depois de uma ou duas semanas, me acostumei. Quando faço isso, consigo ler muito mais por semana, o que me ajuda muito a bater a minha meta pessoal de ler ao menos 2 livros por mês.

Crie compromissos para te obrigar a ler

livros sobre startups

Eu criei 2 compromissos básicos. O primeiro, é uma meta. Ler 2 livros por mês ou 24 livros em 1 ano. Não é tão ambicioso, mas já é muita coisa em comparação com o perfil de leitura que temos aqui no Brasil.

O segundo compromisso que criei foi o financeiro. Pago uma assinatura no Audible que me geram 2 créditos para adquirir qualquer livro, todo mês. Como estou pagando e não posso deixar ir acumulando, esse compromisso me ajuda a seguir firme na leitura para não disperdiçar meu dinheiro.

São dicas bobas, mas, somadas, me ajudam muito a cumprir esse difícil compromisso de leitura. Mais ainda, esses pontos me ajudarm muito a criar e, agora, a manter um bom hábito de leitura. Busque quais são esses pequenos gatilhos que te ajude a criar e manter o hábito de ler.

Tenha sempre um acesso fácil a alguma literatura

livros para startups

Como disse, uso o Audible. Mas também carrego alguns livros em PDF/Epub/Etc. Assim, sempre que tenho bateria no telefone, tenho alguma cois apara ler a poucos “cliques” de distância.

Minha recomendação é sempre ter definido o livro de leitura atual e já escolher qual será o próximo. As vezes, a gente não se dá conta e, rapidamente, acabamos uma leitura. Se não preparamos o próximo com antecedência, podemos perder tempo produtivo separado para leitura.

E isso não é neura não. É que ficar quebrando um hábito é justamente o que não pode acontecer. Interromper um hábito pode ser fatal para perdê-lo em definitivo. Como o objetivo é criar e manter um bom hábito de leitura, o planejamento se torna algo muito importante.

No meu caso, eu defini praticamente todos os livros da minha meta para 2016. Quando chegar no final do ano, vou começar a separar os próximos. Assim, sempre terei uma lista pré-montada de leitura e os arquivos/livros separados para quando for a vez de cada um.

Não fique preso apenas a livros, leia bons blogs também

vidadestartup.org

Agora, não fique preso apenas a livros. Tem muito blog bom por aí. Para isso, eu uso o Pocket. Nele, separo as leituras que mais me interessam e, depois, volto nele para consumir tudo que separei.

O ruim do Pocket é que eu, muitas vezes, me esqueço de voltar nele para ler. E, o que é bom dele, pode se tornar um “calcanhar de Aquiles”. O botão de “ler depois” pode virar um grande procrastinador. Leio depois, leio depois, leio depois. De repente, você fica só na preguiça e marcando para ler um dia.

É o clássico deixar a aba aberta para ler depois. Você nunca lê, pois a aba tá ali pertinho e acessível a qualquer momento. E, assim, qualquer coisa ganha mais prioridade e passa na frente. No fim, depois de semanas com a aba apodrecendo no seu browser, você acaba fechando ou assumindo que barrigou bonito a leitura.

Portanto, seja cuidadoso nesse aspecto, senão a procrastinação te pega. E ela é implacavelmente sutil.

Use um Kindle, Audible ou algo parecido para ler livros para startups

livros sobre startup

Como eu mencionei nos outros assuntos, eu uso Audible, da Amazon. Mas também tem o Kindle, o iBooks e tantos outros. O que importa é você ter um suporte que te facilite adquirir novos livros e carregá-los para onde precisar.

O app em si é o de menos. Afinal, cada um gosta de uma coisa diferente e usa um ecossistema de software diferente do outro. Por isso, o software em si não importa tanto.

Um ponto de atenção é que, no caso do Audible, os livros são em inglês. Eu não achei nenhum outro serviço semelhante com livros em português. Assim, comece a treinar, porque inevitavelmente você terá que começar a ler em outra língua se não quiser ficar para trás.

No começo é um pouco mais difícil, mas depois você acostuma e passa até a gostar. É uma forma de ganhar vocabulário, melhorar a compreensão e, de certa forma, até mesmo sua fala. Então o saldo, nesse caso, é super positivo.

A lista de livros para startups (em breve, com resumos)

A seguir, há alguns livros que eu, na minha experiência, indico. Não é uma lista única e definitiva. Há muitos livros excelentes para apreciarmos e, com certeza, algum ficará de fora dessa lista. Ainda sim, sempre que possível, tentarei atualizar os livros aqui para que você tenha um ponto de referência para recomendar seus amigos que estiverem dando os primeiros passos.

1. The hard things about hard things

2. Rework

3. Jobs to be done

4. Smarter Faster Better

5. The Power of Habit

6. Predictable Revenue

7. Venture Deals

8. Startup CEO

9. Startup Communities

10. Growth Hacker Marketing

11. Hooked

12. The Sales Acceleration Formula

13. Zero to One

14. Brain Rules

15. Launch

Esses são os livros que eu indico. E você, quais livros foram/são vitais para você empreender melhor?

Sobre Matt Montenegro

Matt Montenegro é fundador do Barba Ruiva, que funciona como um guarda-chuvas para o Beved, um mercado livre de cursos online, o Vida de Startup, este blog onde é escritor e criador e o Aio, um YouTube corporativo para base de conhecimento, comunicação interna e mini-treinamentos para empresas. Também é formado em Comunicação Social(Publicidade) na Newton Paiva, cursou a Pós-Graduação em Design de Interação na PUC e especialista em User Experience. É membro ativo do SanPedroValley, comunidade auto-gerenciada de startups da região metropolitana de Belo Horizonte.

  • O livro que mais recomendo é o Disciplined Entrepreneurship: 24 Steps to a Successful Startup (Empreendedorismo Disciplinado: 24 passos para uma startup de sucesso), do Bill Aulet.

    A grande diferença dele está no ensino prático dos muitos conceitos que os demais livros ficam apenas na teoria. Já havia tentado aplicar diversos na gestão enxuta da minha startup e este livro foi um divisor de águas.

    O Bill Aulet ainda é o Diretor do Centro de Empreendedorismo do MIT e a bagagem que ele trás é notoriamente valiosa.

    Links:
    https://www.amazon.com/Disciplined-Entrepreneurship-Steps-Successful-Startup/dp/1118692284
    http://disciplinedentrepreneurship.com/

  • frank.pruzaesky

    “O livro negro do empreendedor – depois não diga que não foi avisado” de Fernando Trías de Bes. se passar por ele e ainda quer ou acha que pode empreender já tem 50% andado… 🙂

  • Vinícius Teodosio

    Assumo que não gosto de alguns posts do Matt, mas esse realmente foi muito bom! Agradeço as dicas. Recomendo o livro O poder dos inquietos de Chris Guillebeau.

  • João Flávio Xavier

    Tem um livro que é pequeno, dá pra ler em duas horinhas. Mas é bem inspirador e tem umas sacadas bem legais sobre criatividade: ROUBE COMO UM ARTISTA, do designer e escritor Austin Kleon.

  • Wilson

    Matt, sobre o audible… ainda bem no começo tem o projeto da Saraiva.. chama audio livros da saraiva…. tem o saraiva reader e esse audio livros para baixar.

    Livros tem muito, vamos fugir um pouco apenas do cenário de Startup.. empreendedorismo no geral tem o Manual do CEO, Estratégia do Oceano azul, Dobre seus lucros… Conteúdos da Endeavor, alguns materiais do pessoa do Conta Azul também ajudam bastante que esta iniciando e não sabe tudo que pode ser feito para facilitar o dia a dia…

    Abs,..

  • Erick Pazzim

    Olá Matt, muito bom o artigo, eu estava com mais de 10 abas abertas quando li kkkkkk. Recomendo a leitura do Organizações Exponenciais, do Salim Ismail. Ótimo livro! Abraços.

  • Fábio Garcia

    Uma dica… use uma caneta marcador para sublinhar todo aprendizado que o livro te dá. Será muito útil para você, após concluir o livro, voltar ao livro e por em prática o que foi lhe dado.

  • Fábio Garcia

    E recomendo o livro O Código dos Criadores de Amy Wilkinson, traz lições de empreendedorismo para por em prática.